O que você procura?

Artigos

Escrito em 07/11/2018

Itália: os italianos que acolhem

há italianos que ajudam migrantes que chegam ao país.

Pedro Miskalo

Pedro Miskalo

Revista Mundo e Missão

italia-os-italianos-que-acolhem-05349104.jpg

Há algum tempo, as mídias dizem que a Itália se tornou um país hostil aos migrantes, com ataques racistas contra os negros e um novo governo que fecha os portos para as pessoas salvas no Mediterrâneo. Mas também há italianos que ajudam migrantes que chegam ao país. Bárbara de Clemente, psicóloga aposentada de 79 anos, abriu seu apartamento de dois quartos em Roma para acolher Moriba Mamadou Diarra, 18 anos, originário do Mali. Moriba chegou até a senhora Bárbara através da intermediação da organização humanitária Refugees welcome, fundada na Alemanha em 2015, e que organiza hospitalidade para refugiados. No primeiro encontro de Moriba com a anfitriã, essa disse: “meu coração bate”. Moriba respondeu: “O meu também”. Bárbara, ao dar as boas-vindas ao jovem, pretendia ajudar alguém e, ao mesmo tempo, reagir contra o governo hostil aos imigrantes. Bárbara faz parte do crescente número de italianos que pedem para receber jovens migrantes, preenchendo um vácuo de recepção promovido pelo governo italiano.

Revista Mundo e Missão – ano 25 – nº 227 – pág. 11 – novembro de 2018

Atendimento

(62) 3223-4581 / 3225-0339