O que você procura?

Notícias

Escrito em 21/11/2018 por Fúlvio Costa

Regional elege nova presidência e encaminha iniciativas pastorais

A eleição da presidência do regional foi feita ainda na manhã do dia 14

Imagem Homilias
Fotos: Fúlvio Costa

Esta quarta-feira (14) foi marcada por muitas mudanças no Regional Centro-Oeste da CNBB. A primeira delas foi anunciada pelo arcebispo de Brasília e presidente da CNBB, Cardeal Dom Sergio da Rocha, que comunicou aos bispos a nomeação de Dom Messias dos Reis Silveira para a Diocese de Teófilo Otoni (MG), após quase 12 anos que ele conduzia a Diocese de Uruaçu, no norte goiano.

“Nós queremos agradecer muito a Dom Messias por estes 12 anos na Diocese de Uruaçu e por estar conosco como presidente do Regional Centro-Oeste. Ele é nomeado para a Diocese de Teófilo Otoni (MG), generosamente atendendo a uma necessidade da Igreja. Pedimos que rezem por ele e, assim como vocês, nós queremos estar muito próximos dele para que tenha a força necessária na nova missão. Hoje, a própria liturgia colocou de maneira providencial esse Salmo 22 (23): quem vai conduzir a Igreja é Jesus contando com um pastor dedicado como Dom Messias. Nós, com certeza, vamos acompanhá-lo com nossa oração, amizade e gratidão”, afirmou o cardeal, logo após a missa que ele presidiu no segundo dia da Reunião do Conselho Episcopal Regional (Conser), que começou no dia 13 e encerra nesta sexta-feira (16).

Em seguida, Dom Messias agradeceu a Deus pela missão confiada a ele na Diocese de Uruaçu. “Foi onde eu aprendi a ser bispo com o povo, com os padres e aqui com os senhores bispos. Aceitei de braços abertos a nova missão e vamos seguir em frente”, declarou. Os bispos presentes o aplaudiram e congratularam com ele. Dom Messias deixou a reunião para presidir a Santa Missa em Uruaçu, na qual anunciou aos diocesanos a sua nomeação.

Nova presidência
A eleição da presidência do regional foi feita ainda na manhã do dia 14. A nova presidência é formada pelo bispo de Luziânia, Dom Waldemar Passini Dalbello (presidente); Dom Adair José Guimarães, bispo de Rubiataba-Mozarlândia (vice-presidente); Dom Levi Bonatto, bispo auxiliar de Goiânia (secretário). O vice-presidente da gestão (2015-2019) Dom João Wilk, bispo de Anápolis, renunciou ao seu cargo por estar com a saúde fragilizada. A nova formação conduzirá o regional até a 57ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que acontecerá de 1 a 10 de maio, em Aparecida (SP). Lá haverá nova eleição da presidência da CNBB Nacional e dos 18 regionais.

Pauta

O dia seguiu com a discussão de diversos temas, entre eles a apresentação da proposta da Arquidiocese de Goiânia ligada à Pastoral da Sobriedade, de exapandir a atuação de maneira preventiva junto aos toxicodependentes a partir do trabalho de diversas frentes como Pastoral da Saúde, Amor Exigente, fazendas de recuperação e outras iniciativas. “A proposta é que nós colaboremos, sobretudo, com a atividade da catequese com crianças e adolescentes de modo sistemático, propositivo, formando as crianças e capacitando os agentes das fazendas e casas chamadas de recuperação que estão sob nossos cuidados”, comentou em entrevista Dom Waldemar.

Outro tema discutido foi apresentado por Dom Levi e pelo coordenador do Mestrado em Direito Canônico – Extensão Goiânia, padre Cristiano Faria dos Santos. A proposta, porém, é de um curso de extensão universitária em direito matrimonial canônico e Pastoral Familiar. Alguns elementos, condições e tempo de duração já estão propostos, mas serão avaliados. A expectativa é que comece no segundo semestre de 2019. Estão trabalhando juntos para que a formação aconteça, o Instituto Superior de Direito Canônico do Rio de Janeiro, a PUC Goiás e a Pastoral Familiar do Regional Centro-Oeste. “A ideia é capacitar agentes da Pastoral Familiar, advogados e pessoas próximas à área de família que se habilitem à chamada pastoral judiciária, que atua no acompanhamento de casais em crise para que superem as dificuldades e também entrem naquele campo dos chamados casos especiais da Pastoral Familiar”, explicou o presidente do regional.

No fim da manhã, os bispos revisaram o calendário do Regional Centro-Oeste para o próximo ano e acertaram todas as datas do Conser, do CEP e da Assembleia do Regional, que deverá ocorrer no mês de outubro. À tarde, Dom Sergio da Rocha falou sobre o Sínodo dos Bispos dedicado aos jovens, que aconteceu de 3 a 28 de outubro, no Vaticano. Ele foi o relator geral do evento. Os bispos, depois, se reuniram reservadamente e concluíram as atividades do dia com a Oração das Vésperas.

Atendimento

(62) 3223-4581 / 3225-0339