O que você procura?

Notícias

Escrito em 24/09/2019 por Suzany Marques

Projeto Arquidiocesano para o Mês Missionário Extraordinário

Na Reunião Mensal de Pastoral deste mês foi discutida a identidade missionária da Igreja

Imagem Homilias

No mês de setembro, a Reunião Mensal de Pastoral contou com reflexão sobre a identidade Missionária da Igreja e foi apresentado o Projeto Arquidiocesano para o Mês Missionário Extraordinário.  Padre Arthur da Silva Freitas e padre Cristiano de Araújo Souza foram os responsáveis pelas assessorias. O objetivo dessa reunião, de acordo com o padre João Batista de Lima, administrador paroquial da Paróquia Santa Cruz, em Aparecida de Goiânia, é que os batizados e enviados tomem consciência sobre o anúncio do Evangelho e sua responsabilidade missionária.

A identidade missionária da Igreja foi demonstrada por meio de dados históricos, apresentados pelo padre Arthur. No primeiro momento, ele discorreu sobre como as “missões” foram necessárias para a expansão do Evangelho em territórios de difícil acesso. Lembrou também que o termo “missão” foi tema da carta encíclica Redemptoris Missio (1990), de São João Paulo II. Esse documento trouxe reflexões sobre a nova evangelização ou a reevangelização. A partir dele, a missão passa a ser mais do que ação. É a própria identidade e essência da Igreja.

Padre Cristiano discorreu sobre o Mês Missionário Extraordinário, proclamado pelo papa Francisco para ser vivido intensamente em outubro próximo, em comemoração aos 100 anos da Carta Apostólica Maximum Illud, escrita pelo papa Bento XV. “Batizados e enviados” é o tema do Mês Missionário, com a proposta de ser um tempo de oração, reflexão e ação. A intenção do papa é que o Mês Extraordinário reacenda o ardor e a paixão pela missão de Jesus. “A intenção do papa, quando propõe esse Mês Extraordinário, é que reavivemos a missão de Jesus Cristo”, disse o assessor.

No Projeto Arquidiocesano para o Mês Missionário Extraordinário foi proposto o tema “Muitos membros, uma missão”. A Arquidiocese de Goiânia recomenda que a cada semana de outubro se trabalhe uma dimensão missionária: Igreja em Saída (Ide) “Missão dos Pés”; Igreja do serviço, “Missão das Mãos”; Igreja do anúncio, “Missão da Boca”; e a Igreja do sacrifício, “Missão do Coração”. Dessa forma, experimentamos a imagem do corpo de Deus que necessita de nós para sua missão evangelizadora.

Atendimento

(62) 3223-4581 / 3225-0339