O que você procura?

Artigos

Escrito em 07/11/2018

Meio ambiente: efeito dominó

Um “planeta estufa” não é um local hospitaleiro aos seres humanos

Pedro Miskalo

Pedro Miskalo

Revista Mundo e Missão

meio-ambiente-efeito-domino-05437102.jpg

Em um artigo publicado pela revista Proceedings of the national academy of sciences, 16 climatologistas afirmam que, se não mudarmos o curso, o planeta logo se tornará uma estufa. Logo? Provavelmente a partir das próximas décadas. Um “planeta estufa” não é um local hospitaleiro aos seres humanos, afirma a matéria. Milhões, ou talvez um ou dois bilhões de pessoas, provavelmente sobreviverão, mas os danos à agricultura serão que bilhões de outras pessoas morrerão. Os autores garantem que o aquecimento global provocado pelas emissões de dióxido de carbono e gases de efeito estufa é só parte do problema, senão a parte menor. A verdadeira ameaça são as inevitáveis reações da natureza, em resposta ao aquecimento causado pelo homem. Os cientistas listam dez dessas reações. As mais importantes são o desaparecimento do gelo do Ártico, o derretimento do permafrost (solo do Ártico, constituído por terra, gelo e rochas permanentemente congeladas, ndr), a redução das florestas boreais e as mudanças do sistema das correntes oceânicas. Desencadear apenas uma ou duas dessas reações poderia causar aquecimento adicional, suficiente para acionar as demais em uma espécie de efeito dominó que levaria a temperaturas letais até 2100.

Revista Mundo e Missão – ano 25 – nº 227 – pág. 10 – novembro de 2018

Atendimento

(62) 3223-4581 / 3225-0339