O que você procura?

Notícias

Escrito em 10/10/2020 por Fúlvio Costa

28º Domingo do Tempo Comum: muitos são os convidados, poucos os escolhidos

Imagem Homilias

Neste 28º Domingo do Tempo Comum – Ano A, Jesus volta a falar em parábolas (Mt 22, 1-14). O Rei prepara a festa de casamento do seu filho, mas muitos não quiseram participar. Ele pediu então que seus empregados chamassem todos aqueles que encontrassem nas encruzilhadas e então vieram bons e maus. Já na festa, todos estavam com roupas para a ocasião, exceto um. O rei o questiona sobre seu traje, mas ele nada responde. Então o homem é lançado fora na escuridão. “Ali haverá choro e ranger de dentes!” (Mt 22, 13). A parábola é uma advertência a todos nós. Muitas vezes somos batizados, fazemos todos os sacramentos, participamos da Santa Missa diariamente, mas nossa vida cristã não é levada a sério. Neste sábado, 10 de outubro, foi beatificado Carlo Acutis, um jovem italiano que viveu somente até os 15 anos, mas foi o tempo necessário para ele entender a importância de Deus em sua vida. Ele dizia: “Nascemos originais, mas muitos morrem fotocópias”. Até que pontos somos originais? Por que morremos fotocópias? O compromisso do batismo deve ser levado a sério. Não basta apenas entrar na festa. Para participar do banquete é necessário despojamento do orgulho, do egoísmo, da arrogância, da injustiça. Deus chama a todos para o banquete, mas só serão admitidos aqueles que responderem ao convite e mudarem de vida.

Bom fim de semana e Deus abençoe a todos!

Saiba mais no site da Catedral Metropolitana de Goiânia neste link https://www.catedralgo.org.br Siga nossas redes sociais @Catedralgo (Instagram) e Catedral de Goiânia (Facebook).

Atendimento

(62) 3223-4581 / 3225-0339