O que você procura?

Notícias

Escrito em 13/02/2021 por Catedral Metropolitana de Goiânia

6º Domingo do Tempo Comum: rejeitar os excluídos é afastar-se de Jesus

Imagem Homilias

Estamos às portas da Quaresma, tempo forte de conversão, de aproximar-nos de Deus. Neste último domingo do Tempo Comum antes do tempo de preparação para a Páscoa do Senhor, o Evangelho (Mc 1,40-45) apresenta-nos Jesus que vai às periferias do mundo, que se comove com o próximo e cura aqueles que são marginalizados pela sociedade da época. O pedido do leproso curado: “Se queres tens o poder de curar-me” aponta uma característica muito forte que vai marcar toda a vida de Jesus, a compaixão. “Eu quero, fica curado!”. Hoje, nós cristãos somos chamados a ter a mesma sensibilidade. Como tratamos aqueles que se deparam em nossos caminhos, sobretudo os marginalizados pela sociedade? Nos comportamos como moral e religiosamente superiores ou temos as mesmas atitudes de Jesus? Às vezes, simples palavras fazem toda a diferença na vida do próximo. Jamais nos esqueçamos que cada pessoa tem sua história de vida, de alegrias e sofrimentos, mas a bondade de Deus é para todos. Outra característica forte de Jesus é sua predileção pelos excluídos. Que possamos nós também neste tempo quaresmal que vai começar, termos a mesma compaixão que ele teve.

Bom fim de semana a todos!

Acesse o nosso site www.catedralgo.org.br – siga-nos nas redes sociais @catedralgo e @padrecarlos.gomes

Atendimento

(62) 3223-4581 / 3225-0339