O que você procura?

Notícias

Escrito em 05/05/2019 por Revista Ave Maria - Maio de 2019

Doze ensinamentos do papa Francisco sobre Nossa Senhora

A nossa fé deve ser baseada no exemplo da Virgem Maria. Do alto da cruz, Jesus nos deu Nossa Senhora como nossa mãe.

Imagem Homilias

O papa Francisco, em suas homilias sobre a Virgem Maria, garante-nos que ela olha por cada um de nós, como nossa mãe e com uma grande ternura, misericórdia e amor, e sempre nos motiva a sentir seu olhar amável.

A seguir, alguns dos ensinamentos do papa Francisco sobre a Virgem Maria:

1 – Um cristão sem Maria está órfão. Também um cristão sem a Igreja é um órfão. Um cristão precisa dessas duas “mulheres”, duas mulheres mães, duas mulheres virgens: a Igreja e a Mãe de Deus.

2 – Maria faz precisamente isso conosco: ajuda-nos a crescermos humanamente e na fé, a sermos fortes e a não cedermos à tentação de sermos homens e cristãos de uma maneira superficial, mas a vivermos com responsabilidade, a tendermos cada vez mais ao alto.

3 – Ela é uma mãe que ajuda os filhos a crescerem e quer que cresçam bem. Por isso, educa-os a não cederem à preguiça (que também deriva de certo bem-estar), a não se conformarem com uma vida cômoda que se contenta somente com ter algumas coisas.

4 – Maria nos dá saúde. Ela é a nossa saúde.

5 – É a mãe que cuida dos seus filhos para que cresçam mais e mais, cresçam fortes, capazes de assumir responsabilidades e compromissos na vida, de tender a grandes ideias.

6 – Maria é mãe e uma mãe se preocupa, sobretudo, com a saúde dos seus filhos. A Virgem protege a nossa saúde. O que isso quer dizer? O papa pensa, principalmente, em três aspectos: ela nos ajuda a crescer, a enfrentar a vida, a ser livres.

7 – A Virgem Maria educa seus filhos no realismo e na fortaleza diante dos obstáculos, que são inerentes à própria vida, e que ela mesma padeceu ao participar dos sofrimentos do seu Filho.

8 – Ela é uma mãe que nem sempre leva seus filhos pelo caminho mais “seguro”, porque dessa maneira eles não podem crescer. Mas, tampouco, somente pelo caminho arriscado, porque é perigoso. Uma mãe sabe equilibrar essas coisas. Uma vida sem desafios não existe e uma pessoa que não abe enfrentá-los arriscando-se não tem coluna vertebral!

9 – Maria luta conosco, sustenta os cristãos no combate contra as forças do mal.

10 – Maria é a mãe que, com paciência e ternura, leva-nos a Deus, para que Ele desate os nós da nossa alma.

11 – Maria é a mamãe boa e uma mamãe boa não somente acompanha os filhos no crescimento sem evitar os problemas, os desafios da vida; uma mamãe boa ajuda-os também a tomarem decisões definitivas com liberdade.

12 – Toda a existência de Maria é um hino à vida, um hino de amor à vida: ela gerou Jesus na carne e acompanhou o nascimento da Igreja no Calvário e no Cenáculo.

 

Atendimento

(62) 3223-4581 / 3225-0339