O que você procura?

Notícias

Escrito em 14/05/2019 por Fúlvio Costa

Novena a Nossa Senhora Auxiliadora começa na noite desta quarta-feira, dia 15 de maio

A novidade deste ano é a Santa Missa de encerramento da Festa, às 19h do dia 24 de maio, logo após as procissões vindas das paróquias São João Bosco e Sagrado Coração de Jesus

Imagem Homilias

Tem início na noite desta quarta-feira (15) e segue até o próximo dia 24, a Novena em honra à Padroeira da Paróquia e Catedral Metropolitana de Goiânia, Nossa Senhora Auxiliadora. O tema deste ano é “Maria, Mãe de Deus: vocação e missão”. Conforme o pároco da Catedral, Mons. Daniel Lagni, o tema se refere à essência de Nossa Senhora que, com sua doação total ao Senhor, ela foi missionária a partir de sua vocação de mãe do Filho de Deus.

Nesta quarta-feira, Mons. Daniel abre a novena com a Santa Missa às 19h. São responsáveis pela noite a Pastoral Catequética e os catequistas. Preside a segunda noite, também às 19h, o Pe. Zezão. A responsabilidade é dos acólitos e coroinhas. Padre Jonisoncley preside a Santa Missa na sexta (17), na noite do Curso de Noivos e Jovens. O sábado é de responsabilidade da Renovação Carismática Católica e dos leitores, com Santa Missa às 18h, presidida pelo Pe. Geraldo.

O bispo auxiliar de Goiânia, Dom Levi Bonatto, preside a Santa Missa no domingo (19), às 19h, na noite dos Irmãos do Santíssimo e do Terço dos Homens. Na noite seguinte, de responsabilidade do Encontro de Casais com Cristo (ECC) Pe. Rogério preside a Santa Missa no mesmo horário. Dom Moacir Silva Arantes, bispo auxiliar da Arquidiocese de Goiânia, preside a Santa Missa na terça-feira (21) noite da Pastoral da Saúde e da Terceira Idade. 

Pe. Márcio Celestino preside a novena no dia 22, às 19h, noite da Pastoral do Dízimo e do Grupo Mãe Rainha. Já Mons. Aldorando Mendes celebra na quinta-feira, no mesmo horário, na noite do Apostolado da Oração e da Legião de Maria.

Dom Washington Cruz, arcebispo metropolitano de Goiânia, preside a Santa Missa no Dia da Padroeira, sexta-feira (24), às 9h, no Seminário Santa Cruz e no Seminário Menor. A novidade deste ano é a Santa Missa de encerramento da Festa, às 19h do mesmo dia 24 de maio, logo após as procissões vindas das paróquias São João Bosco e Sagrado Coração de Jesus, encontrando-se na Catedral. Em seguida será presidida a Santa Missa pelo Mons. Daniel Lagni e pelos padres Reginaldo e Fabiano, das paróquias Nossa Senhora Auxiliadora, São João Bosco e Sagrado Coração de Jesus, respectivamente.

Durante a festa serão armadas barraquinhas com comidas e bebidas, nos dias 18 e 19 de maio, no pátio da Cúria Metropolitana, atrás da Catedral, logo após as missas. 

História

O Decreto da Criação da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora foi expedido pela Cúria Arquidiocesana de Sant’Ana de Goiás em 22 de dezembro de 1937, sendo nomeados respectivamente, vigário e coadjutor o Cônego Abel Ribeiro e o padre Francisco de Sales Peclat, cujas provisões se datam de 22 de dezembro do mesmo ano.

A Matriz, a primeira de Goiânia, que também é o primeiro templo religioso da nova capital do estado, foi erguida nas proximidades do Palácio do Governo à Rua 19, Qd. 31. A Igreja, portanto, apoiou a construção da nova capital, dando a sua importante presença na nova cidade. Em 24 de outubro de 1933, é lançada a Pedra Fundamental da cidade. No dia 24 de maio de 1935, um ano e meio depois, é lançada a Pedra Fundamental da primeira Igreja. E, no dia 24 de dezembro de 1937, pouco mais de quatro anos da Pedra Fundamental da nova capital, já se fez a bênção da Igreja provisória, criou-se a Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora e foram nomeados seus primeiros dirigentes: Cônego Abel e Pe. Peclat. A Catedral só foi sagrada no dia 8 de dezembro de 1966, pelo então Núncio Apostólico Dom Sebastião Baggio.

SAIBA MAIS SOBRE A PADROEIRA DA PARÓQUIA, DA ARQUIDIOCESE E DA CIDADE DE GOIÂNIA, CLIQUE AQUI

 

Atendimento

(62) 3223-4581 / 3225-0339