O que você procura?

Artigos

Escrito em 15/06/2019

A Igreja é desafiada a primeirear

O Senhor envolve-se e envolve os seus, pondo-se de joelhos diante dos outros para lavá-los

Pe. Jaime Luiz Gusberti

Pe. Jaime Luiz Gusberti

Secretário Executivo do Centro Cultural Missionário

a-igreja-e-desafiada-a-primeirear-04840126.jpg

A Igreja é enviada para continuar a Missão de Jesus Cristo: “Assim como o Pai me enviou, eu também envio vocês” (Jo 20, 21)

O Papa Francisco, na Exortação Apostólica A Alegria do Evangelho, chama a nossa atenção: “A Igreja em saída é a comunidade de discípulos missionários que primeireiam, que se envolvem, que acompanham, que frutificam, festejam e tomam a iniciativa!” (EG 24).

A comunidade missionária experimenta que o Senhor tomou a iniciativa, precedeu-a no amor (cf. 1 Jo 4, 10) e, por isso, ela sabe ir à frente, sabe tomar a iniciativa sem medo, ir ao encontro, procura os afastados e chega às encruzilhadas dos caminhos para convidar os excluídos. Jesus lavou os pés de seus discípulos. O Senhor envolve-se e envolve os seus, pondo-se de joelhos diante dos outros para lavá-los; mas, logo a seguir, diz: “Sereis felizes se o puserdes em prática” (Jo 13, 17). É um grande desafio que Jesus colocou aos seus e a nós hoje, sobretudo diante da realidade onde vemos “ricos cada vez mais ricos, à custa de pobres cada vez mais pobres”  (DPb, nº 30). O papa Bento XVI lembra que “a opção preferencial pelos pobres está implícita na fé cristológica, naquele Deus que se fez pobre por nós, para enriquecermos com a sua pobreza” (cf. 2 Cor 8, 9); Bento XVI, DAp, p. 273). “O que nos recomendaram foi somente que nos lembrássemos dos pobres” (Gl 2, 10). Vivendo esse estilo de vida, a comunidade eclesial se tornará mais santa e missionária. Batizados e enviados: a Igreja de Cristo em missão no mundo.

 

Atendimento

(62) 3223-4581 / 3225-0339